Sobre o Curso

O curso de Bacharelado em Ciência da Computação do CPPP foi criado dentro do Programa de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (REUNI/UFMS) e foi aprovado e implantado de acordo com a Resolução COUN nº 49, de 25 de agosto de 2009. O primeiro Processo Seletivo (Concurso Vestibular) para ingresso no curso de Ciência da Computação do CPPP se constituiu de duas etapas: a primeira delas foi a prova do ENEM 2009 e a segunda etapa foi uma prova aplicada pela Comissão Permanente de Vestibular (COPEVE) em dezembro de 2009.

Uma das principais alavancas para o desenvolvimento da sociedade no último século foi o advento da Ciência da Computação. Apesar disto, seu conceito é ignorado por muitas pessoas.  A Ciência da Computação engloba tudo o que se refere à computação, desde suas definições teóricas até suas aplicações práticas: o que é informação, o quanto de informação pode-se guardar; como transmiti-la, armazená-la, organizá-la, mostrá-la; como construir uma máquina capaz de fazer tudo isto mais rapidamente que um humano entre outras questões. Os meios acadêmicos desta ciência se concentram em evoluir as técnicas e os conhecimentos, enquanto os meios comerciais transformam o esforço acadêmico em sistemas com algum valor para o público. Este conceito torna a Ciência da Computação quase tão importante quanto a própria informação. Não seríamos uma sociedade sem manipulá-la. E não seríamos uma sociedade avançada se a manipulássemos da forma ineficiente que existia antes da Ciência da Computação ser formalizada. Esta é a grande importância dela: avançar nossas técnicas para computar! O cientista da computação tem na sociedade o papel de contribuir para o avanço da computação, de forma teórica e/ou prática. Esses avanços podem ser aplicados em qualquer área do conhecimento humano em que seja possível definir métodos de resolução de problemas baseados em repetições previamente observadas.  A ampla gama de áreas do conhecimento onde o cientista da computação pode trabalhar cria uma enorme demanda por profissionais desta área. Demanda esta que, atualmente, o país não é capaz de suprir.

Considerando particularmente a cidade de Ponta Porã, neste momento, a UFMS oferece o único curso de Ciência da Computação da cidade. E, portanto, contribui de forma relevante para diminuir a carência por profissionais da área na cidade e seu entorno.

 

Atividades Inerentes

  • Desenvolver software para sistemas computacionais;
  • Projetar Hardware;
  • Integrar equipe de pesquisa e desenvolvimento tecnológico em Computação;
  • Consultor de tecnologia
  • Empreendedor

Áreas de atuação e exercício profissional

Empresas particulares ou públicas, nacionais ou multinacionais, que possuem a tecnologia da informação com um dos seus ramos de atividade. Também em Centro de pesquisas e instituições de ensino.

Identificação do Curso:

CURSO: Ciência da Computação.
MODALIDADE DO CURSO: Bacharelado.
TITULO ACADÊMICO CONFERIDO: Bacharel em Ciência da Computação.
MODALIDADE DE ENSINO: Presencial, de acordo com a Portaria nº 4.059, e 10 de
dezembro de 2004 (DOU de 13/12/2004, Seção 1, p.34).
REGIME DE MATRÍCULA: Sistema Semestral de Matrícula por Disciplinas.

Tempo de Duração:

MÍNIMO CNE: 4 anos;
MÁXIMO CNE: não definido;
MÍNIMO UFMS: 8 semestres;
MÁXIMO UFMS: 12 semestres.

Carga Horária:

MÍNIMA CNE: 3000 horas;
MÍNIMA UFMS: 3604 horas-aula.
NÚMERO DE VAGAS: 50 (cinqüenta) ou número definido anualmente, de acordo com a política do CPPP.
NÚMERO DE TURMAS: definido de acordo com a legislação vigente da UFMS.
TURNO DE FUNCIONAMENTO: Tarde e Noite.
LOCAL DE FUNCIONAMENTO: UFMS – Câmpus de Ponta Porã, R. Itibiré Vieira, s/n, BR 463 – KM 4.5, Bairro Julia Cardinal.
FORMA DE INGRESSO: O ingresso ocorre mediante o Sistema de Seleção Unificado do MEC; movimentação interna; transferência de outras IES e portadores de diplomas de curso de Graduação em nível superior, na existência de vagas; e transferência compulsória.

Coordenador: Prof. Dr. Jonathan Andrade Silva

Faça aqui o Download da Matriz Curricular